segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Aproveite


Aproveite sua liberdade.
Antes que seja tarde.
Antes que lhe tomem esse direito.
Antes que - sorrateiramente - o amor lhe obrigue a ser vulnerável.
Antes que esqueça o que é ser autêntica.
Até o dia em não aguentar mais e voltar à estaca inicial.

Afinal: 
Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome (Clarice Lispector)


PS: Coincidência ou não, águas correntes também sempre deram a essa pisciana aqui a sensação de "se livrar das amarras". 

Nenhum comentário:

Divulgue

Visitantes