sábado, 16 de abril de 2011

Rugas


Com os meses, a escova se desgasta
Os pêlos crescem
O cabelo perde seu corte

O incenso vira pó
A caixa de emails lota
A bateria do automóvel descarrega
Fotos ficam amareladas ou colam no vidro do porta-retrato
E alguns rostos e nomes são esquecidos.

As roupas absorvem seu cheiro e as pessoas que convivem contigo as reconhecem à distância
Os sapatos e objetos se desgastam de acordo com as medidas do corpo
E a tinta se desbota, denunciando as raízes dos fios brancos que, ano após ano, insistem em se multiplicar.

As coisas poderiam repousar por ali, em meio a poeira, mofo, ferrugem, traças, salitre e lodo, não fosse a necessária energia da mudança.
A vontade é o poder que move o mundo. Ou destrói. 

Constantemente, é preciso atenção. Para que um vinho especial não torne-se vinagre.

mar 2010
modificado em jun 2011

Você tem medo de envelhecer?

Nenhum comentário:

Divulgue

Visitantes