sexta-feira, 29 de julho de 2011

Dadaísmo Terrorismo

 

Quimeras! Gruaaaar!
Não, não!
Crash, bum, bah!
Não, não, nãaaao!
Não, porra!
Tá tá tá tá tá tá tá!
Nãaaaaao!
...
Snif, snif, snif.
Sacanagem... Filho da puta!
Grrr... Aaaahh!
Ugh!
...
ZzzZzz...

out 2005


Enfim, não é preciso ser um gênio para fazer um poema dadaísta. Meu fuck off à arrogância, sobretudo acadêmica.

3 comentários:

Projeto Ver Além disse...

AHH
que
putz!

Amei!

Projeto Ver Além disse...

P.S.- Daiane.

Luciana Zacarias disse...

haha, se vc não dissesse, nunca advinharia =)...

Divulgue

Visitantes