quarta-feira, 29 de julho de 2009


Paixonite Linguística

Por muito tempo te esperei
Mas já me habitava com discrição
A língua, a sede do saber
Coisas tão minhas, que não permito facilmente tocar

Partes de um todo que sou eu
Elementos vivos de uma paixão
Meu maior tesouro, dentro de mim mesma

Talento intestino
Alegria visceral
Revele-se.

Nenhum comentário:

Divulgue

Visitantes