segunda-feira, 23 de junho de 2014



"Se você sobreviver, se persistir, cante, sonhe, embriague-se. É o tempo do frio: ame, apresse-se. O vento das horas varre as ruas, os caminhos. As árvores esperam: você não deve esperar. Este é o tempo de viver, é único."

(Jaime Sabines)


Foto: Luciana Zacarias


Não é a primeira vez que posto um texto de Jaime Sabines nesse blog. É impressionante como, além de extremamente bonitas, suas palavras são acalentadoras e me tocam de modo especial - aquilo que se precisa ouvir, no momento que se precisa ouvir. Um novo hábito irei adquirir: ler uma poesia por dia. Poesia para salvar a alma. De volta à escrita (Viva São João!).

Nenhum comentário:

Divulgue

Visitantes